Notícias

DMED destaca os principais cuidados no manuseio de dispositivos móveis

O uso incorreto pode provocar choque elétrico e até explosões

Os celulares e outros dispositivos móveis que fazem parte da nossa rotina aparentam ser inofensivos. Mas, apesar de fáceis de usar, eles precisam de cuidados para evitar acidentes com a rede elétrica.

O Gerente de Distribuição da DME Distribuição, Marco César Castro de Oliveira, aconselha não utilizar os equipamentos durante o processo de carregamento junto à rede elétrica. O recomendado é o carregamento em locais de livre movimentação, ventilados, fora do alcance de crianças e substâncias e/ou materiais inflamáveis.

Além disso, deixar o celular carregando durante à noite, prática comum da maioria das pessoas, mesmo depois de a carga estar completa, vai continuar consumindo energia elétrica. Durante as tempestades, o uso do aparelho só poderá ser feito se não estiver plugado na tomada, carregando.

“Um dos principais alertas é não deixar o carregador conectado à rede elétrica sem a devida conexão com o equipamento a ser carregado, pois esta prática pode provocar choque elétrico em crianças, que podem tocar no cabo do carregador e colocá-lo na boca, sendo tais danos irreparáveis. Também, deve-se atentar para a tensão (voltagem) da rede elétrica, certificando se o equipamento é compatível com a tensão da instalação”, afirma Marco César.

Outro cuidado importante é utilizar carregadores originais e compatíveis com o dispositivo móvel e observar se durante o processo de carregamento, o equipamento apresenta elevação da temperatura, o que pode ocasionar explosão da bateria ou princípio de incêndio. Por esse motivo não é recomendado manter os aparelhos próximos à cama ou o travesseiro.

Lembrando que esse tipo de equipamento não pode ser utilizado em locais úmidos ou molhados, visto que podem ser danificados em caso de contato com a água ou no processo de carregamento do aparelho junto à rede elétrica, o que pode provocar choque elétrico aos usuários.

Quem Somos

As empresas do Grupo DME são: empresas públicas, ou seja, capital 100 % público; constituídas sob a forma de sociedade anônima, pois esta é a única forma societária que permite às empresas terem somente um acionista; e de capital fechado, ou seja, não poderão negociar seus valores mobiliários no mercado, constituídas nos termos da Lei Complementar Municipal n.º 111, de 26/03/2010.

 

Links

Boletim DME

Redes Sociais